Sumário

Hoje no Horta, Jardim e Cia, saiba mais sobre a Hera. Dona de uma beleza incrível, a hera é uma planta que também agrada a todos. Por sua versatilidade que a permite cultivar em qualquer ambiente da casa. Seja interno, seja externo.

Afinal, a hera pode manter-se para realizar a forração de canteiros em áreas abertas criando um efeito incrível de paisagismo e criação de áreas verdes ou em vasos suspensos em ambientes internos. Onde ela se espalha como uma trepadeira.

Hera

Aqui vamos falar tudo que você precisa saber para acertar no cultivo da hera. Para não cometer nenhum erro e tenha tudo necessário para que ela se desenvolva de forma saudável.
Existem inúmeras variedades dessa planta e algumas podem apresentar folhas maiores. Enquanto outras podem ter coloração diferente. Com uma beleza exuberante, a hera é muito fácil de cultivar, como você pode ver a seguir.

Clima e luminosidade ideal para cultivar hera

Em áreas internas, a hera é uma planta que se adapta muito bem, desde que receba uma boa quantidade de luz sola. Inclusive, ela tornou-se muito popular e tem sido conhecida como a planta do momento nos meses anteriores.

Principalmente na decoração, a hera é encontrada em vasos suspensos, onde ela fica linda. Plantar a hera em cachepôs pode fazer toda a diferença em sua decoração. Visto que essa estrutura faz com que combinem com outros elementos encontrados no espaço.

Bem adaptada ao clima tropical de temperaturas mais altas, a hera encontrou um bom lugar no Brasil para se desenvolver. Portanto, você não terá dificuldade para cultivar essa planta que demanda uma temperatura mínima de 15°C para se manter saudável.

Portanto, caso more em uma região mais fria ou durante o inverno. Saiba que é importante manter o ambiente interno aquecido para que tudo corra bem com essa plantinha.

Preparo do vaso e solo ideal para hera

conheça a Hera - Reprodução Canva

conheça a Hera – Reprodução Canva

As raízes da hera não crescem bastante, portanto, você pode manter essa planta em um recipiente largo e raso. Mais importante do que isso, o vaso deve contar com furos para drenagem em sua parte inferior. Visto que o escoamento de água deve ser eficiente para que essa planta tenha uma condição ideal de vida.

Caso a hera seja muito grande para o vaso, o ideal é cortar e cultivar novas mudas em outros recipientes que podem ser de barro ou plástico. Desde que ofereçam uma boa capacidade para escoamento de água.

O solo ideal deve ter uma mistura de terra comum com matéria orgânica. Caso seja muito argiloso, o solo pode ser quebrado com areia antes de plantar hera no vaso.
Se quiser utilizar a terra do jardim, saiba que ela deve ser misturado com o solo para vaso, mantendo uma mistura com proporções iguais entre às duas partes.

Troca de lugar das mudas

Outro cuidado que merece sua atenção é o transplante de mudas, pois esse fator é muito importante para determinar a saúde da hera.

[maxbutton id="1"]

Caso sua planta não esteja produzindo novos ramos ou as folhas estão começando a murchar, saiba que ela pode estar recebendo mais luz do que o necessário, portanto, verifique a temperatura do local e troque a planta de lugar.

Como regar a hera

A hera deve ser regada sempre que o solo estiver seco, portanto, verifique essa condição com os dedos. Pois somente com o toque você poderá confirmar se à terra ainda está úmida em seu interior.

Caso esteja seca, regue-a até ela ficar saturada. Depois disso, espere que fique seca mais uma vez antes de pensar em adicionar mais água ao solo.

O prazo para isso acontecer faz com que a frequência de regas para a hera seja a cada 3 dias, em média. Todavia, as regiões mais quentes demandam irrigação mais constante, enquanto as mais frias, demandam regas mais escassas.

Como podar a hera

A poda da hera deve ser  apenas para a limpeza de folhas com danos e doentes. Pois, como essa planta é constantemente consumida por insetos, esse cuidado torna-se fundamental.

Afinal, visto que sua hera começou a perder partes de suas folhas para o consumo de pragas. Saiba que elas não vão se recuperar novamente e a poda deve ser feita por causa disso.

Além disso, você também deve remover partes da planta que estão com furos e marcas pretas e enrugadas. Porque são sinais de que a hera não está saudável e os nutrientes que enviam para essas partes da planta devem se voltar para o crescimento de partes das que não danificou.

Adubação ideal

A fertilização ideal para hera deve ser recorrente, portanto, todos os meses é preciso oferecer adubo para que essa planta se mantenha saudável e com seu crescimento rápido. No entanto, a adubação deve ser suspensa durante o inverno, já que a hera entra em um estado de dormência que quebra devido à absorção dos nutrientes que ela recebe durante a fertilização.

Por causa dessa constância na adubação, prefira um fertilizante de liberação lenta para que essa planta absorva de forma gradual e, para isso, a mistura de uma colher de chá de adubo para 4 litros de água é o suficiente para que essa plantinha se desenvolva de forma saudável.

Não deixe que o adubo entre em contato com as folhas da hera, já que ele poderá queimar a planta, portanto, siga as instruções que acompanham as embalagens desses compostos adquiridos em lojas de jardinagem.

Principais pragas e como evitar

Infelizmente, as pragas também gostam bastante dela, pois, além dos insetos que não dão paz para essa planta, os ácaros também são constantes e, caso você note manchas amareladas nas folhas, saiba que esses microrganismos estão atacando sua hera.

Para tratar os ácaros e evitar que apareçam, faça uma solução com algumas gotas de detergente diluídas em 3 litros de água e faça a limpeza das regiões amareladas da planta.
Para repelir os insetos, você pode umedecer as folhas da hera com óleo de neem e borrifar nas regiões mais difíceis para matar outras pragas como cochonilhas e pulgões.

Os adubos são fundamentais para manter o solo enriquecido de nutrientes para as nossas plantinhas. Os orgânicos são ainda mais importantes, pois possuem altas concentrações de ingredientes que permitem o crescimento saudável. E hoje, aqui no News Cotidiano, vamos te ensinar a fazer os melhores e mais fáceis adubos caseiros!