Sumário

Quer cultivar Pitaya? Saiba mais aqui no Horta, Jardim e cia. A pitaya é uma fruta que tem ganhado muita popularidade no Brasil ultimamente. Portanto, saiba que essa planta originária da América Latina pode cultivar facilmente em seu quintal também.

Conhecida por sua beleza, a chamada fruta do dragão traz diversos benefícios para a saúde humana. Pois, conta com propriedades antioxidantes que retardam o envelhecimento e previnem o câncer.

Muito cultivada em algumas regiões do Brasil, a pitaya é muito fácil de ser cultivada e se adapta bem aos ambientes em que se deseja cultivar essa planta. Portanto, veja abaixo tudo que precisa saber para que ela cresça de forma saudável em sua casa:

Clima ideal para o cultivo de pitaya

Como foi dito logo acima, a pitaya é uma fruta típica de clima tropical. Portanto, é amante de climas mais quentes. Afinal, as temperaturas médias de 18 até 26°C são as mais indicadas para cultivar pitaya em seu quintal. Seja no solo, seja em vasos.

Além da temperatura adequada, o clima ideal para essa planta deve ter uma umidade baixa do ar, visto que ela se desenvolve melhor em atmosfera mais seca. Portanto, caso sua casa seja em uma região mais fria. Saiba que o cultivo de pitaya deve ser realizado em estufas. Onde a luminosidade pode ser controlada para manter o aquecimento adequado no interior para que essa planta cresça e produza bastante.

Preparação do solo e substrato ideal para cultivar pitaya

Conheça a Pitaya - Reprodução Canva

Conheça a Pitaya – Reprodução Canva

O solo ideal para cultivar pitaya deve possuir algumas condições essenciais como uma boa drenagem e um índice de acidez adequado.

Portanto, para o plantio em vasos, você precisa de um recipiente com furos para escoamento. A começar com uma camada de pedra na parte inferior para facilitar a liberação da água para fora da terra. Para o cultivo em solo direto, faça o teste para saber se à terra absorve rapidamente a água.

Para isso, faça um buraco na terra e encha de água (30 cm de profundidade). Pois, ela deve ser completamente absorvida em 15 minutos, no máximo. Para estar com uma boa capacidade de drenar a água.

O índice de acidez do solo deve se manter entre 6 e 7 na escala PH. Portanto, deve ser levemente ácido para que os frutos sejam produzidos de forma saudável.
Para deixar o substrato ainda mais fértil para cultivar pitaya, falaremos mais adiante sobre a adubação adequada para essa planta. Portanto, continue lendo para saber tudo.

Germinação e transplante de mudas

A germinação das sementes é um processo bem complexo. Pois, demanda uma certa paciência, portanto, vale a pena comprar a muda pronta em lojas especializadas.

Então, deixe as estacas secando antes de plantar no vaso ou solo. Pois isso é importante para elas terem um desenvolvimento mais acelerado e saudável. O replantio deve ser feito sob sol pleno.

[maxbutton id="1"]

Já que as folhas devem ficar expostas aos raios solares para obter melhores resultados.

Em quanto tempo a pitaya dá frutos

Como foi dito acima, o método de cultivo mais indicado para pitaya é o uso de estacas com mudas da planta. Pois essa condição faz com que a planta se desenvolva muito mais rápido.

Nesse sentido, para que você faça a comparação. Saiba que o plantio das sementes leva até dois anos para que a planta cresça. Se receber todos os cuidados mencionados aqui nesta matéria, produza seus primeiros frutos.

A colheita da pitaya acontece de dezembro até maio, ou seja, do início do verão ao fim do outono.Então considere o cultivo de estacas com mudas e pitaya retiradas de uma planta-mãe saudável podem levar menos da metade desse tempo. Todavia, é difícil estimar a quantidade de meses. Já que isso dependerá dos cuidados abaixo que devem ser seguidos à risca. Veja:

Como regar ao cultivar pitaya

A rega para o pé de pitaya deve ser da mesma forma que se cuida de um cacto tropical. Pois, essa planta apresenta muitas semelhanças com essas espécies espinhosas.

Portanto, a irrigação da pitaya deve acontecer somente quando o solo está quase seco e uma dica para melhorar seu desenvolvimento é manter a estaca de apoio da planta molhada durante a rega.

Não caia no erro principal de pessoas que não entendem de jardinagem que é o de molhar em excesso pensando que isso beneficia a planta, porque essa é a principal causa da morte da pitaya.

Como podar pitaya

O pé de pitaya pode ficar grande demais. Portanto, a poda é necessária para seu desenvolvimento e produção de frutos saudável. Afinal, a árvore pode medir até 6 metros de altura. Portanto, corte alguns galhos quando ela começar a crescer demais para manter ela em um tamanho adequado para a produção de frutos.

Pois, uma planta menos densa fica até mais forte para produzir frutos e você não precisa jogar os ramos fora. Já que eles podem gerar novas plantas.

Adubação ideal para pitaya

A adubação ideal para pitaya deve ser feita apenas de vez em quando. Ou seja, pode ser que a muda leve até 4 meses para desenvolver raízes fortes. No entanto, o uso excessivo de adubo pode matar essa planta rapidamente.

Para melhores resultados, use uma pequena quantidade de fertilizante de liberação lenta que tenha pouco nitrogênio e cactos somente uma vez a cada bimestre.

Segredo para o pé de pitaya dar mais frutos

O segredo para a pitaya dar mais frutos está no plantio dessa fruta. Portanto, não faça covas muito fundas e use estacas que obteram de plantas que já produzem frutos. Visto que a genética delas guarda a informação em seu interior para a frutificação.

Então, o pulo do gato para que o pé de pitaya produzir mais frutos é adicionar fertilizante de liberação lenta nas camadas inferiores do solo antes do plantio. Para árvores grandes, aposte na poda feita da forma que mencionamos acima.

Pragas comuns e como evitar

As pragas mais comuns do pé de pitaya são os fungos nas raízes. Portanto, nunca exagere na rega, visto que esses microorganismos apodrecem rapidamente essa planta e leva à morte em pouco tempo.

Categorizado em:

Horta,