Sumário

Saber como cultivar a chuva de prata é muito importante, principalmente para quem deseja ter essa planta em casa. Para isso, o site Horta Jardim & Cia mostra desde como deve ser feito o plantio até as curiosidades sobre essa flor.

Descubra como cultivar chuva de prata

Conhecida popularmente como chuva de prata, seu nome científico é Leucophyllum frutescens. Pertence à família das Scrophuslariaceae é uma planta muito desejada pelos jardineiros, isso porque alcança um porte ideal para ser cultivada em jardins e suas flores são roxas.

Mas, para ter essa planta em casa, é preciso saber como cultivar a chuva de prata. Originária da América Central, do México, se desenvolveu em uma região chamada Deserto de Chihuahua.

Essa planta forma um arbusto que pode chegar a medir até dois metros de altura, mas por meio da podação é possível deixá-la do tamanho desejado e cultivá-la e vasos até mesmo dentro de casa. Essa planta recebe esse nome devido suas folhas terem um tom prateado.

Plantio da chuva de prata

A chuva de prata pode ser plantada tanto diretamente no solo do jardim quanto pode ser cultivada em vasos. Caso opte por plantar no seu jardim, é preciso que o solo seja rico em nutrientes para que a planta se desenvolva e floresça.

Quando o solo precisa de adubo, é recomendado ir a lojas especializadas em produtos para jardinagem. Nesses locais eles vendem adubos apropriados para a chuva de prata, onde contém os nutrientes certos que essa planta necessita.

Tendo o adubo em mãos, é muito importante que a terra fique bem drenada, afinal, é uma planta de solo seco. Além disso, é importante a cada 3 meses trocar o adubo do vaso ou salpicar sobre o solo quando está plantada no jardim. Dessa forma, é uma planta fácil de ser cultivada.

Descubra como cultivar chuva de prata

Descubra como cultivar chuva de prata – Imagem: Canva Pro

Clima

Além do solo que precisa estar sempre bem adubado, para saber como cultivar a chuva de prata é preciso aprender sobre o clima que essa planta se adapta melhor. Por ser uma planta de deserto, ela tolera temperaturas acima de 30°C.

Quando plantada em vasos precisa pegar o sol pleno, pelo menos o da parte da manhã. Entretanto, não é uma planta resistente à geadas, logo temperaturas abaixo de 15°C podem secar as folhas atrasando o desenvolvimento da planta e consequentemente a floração.

Irrigação

Em relação à irrigação, como citado nos tópicos acima, é uma planta que prefere climas mais quentes e um solo bem drenado. Dessa forma, a rega deve acontecer pelo menos duas vezes na semana durante o verão e apenas uma vez na semana em dias de chuva, isso quando a chuva de prata é plantada em um vaso e fica dentro de casa.

Porém, quando essa planta está no jardim da sua casa e na sua região está chovendo a cada três dias, não é preciso regar, pois a água da chuva já é o suficiente. Já no verão, é preciso regar pelo menos 2 vezes na semana, de preferência no começo do dia e no final da tarde, pois o solo não está aquecido e não fará mal a raiz da planta.

[maxbutton id="1"]

Floração

Essa planta chama muita atenção devido suas flores que possuem um tom roxo, mas pode ser encontrada em uma variedade de cores, como branca, rosa e azul. Além das flores terem um pistilo no meio, assemelhando-se a flor copo de leite, suas folhas tem uma textura aveludada o que faz com que tenha um brilho e fique em um tom prata, sendo esse o motivo do seu nome popular.

A floração desta planta acontece sempre na primavera. Devido ser uma planta perene, ou seja, que depois que se adapta ao solo floresce todos os anos, sua floração pode acontecer durante décadas.

Lembrando que para que a floração aconteça pelo menos uma vez no ano e as flores durem por meses é preciso manter o solo sempre rico em nutrientes.

Curiosidades

Agora que você já sabe como cultivar a chuva de prata, qual é o clima ideal e quando ocorre a floração, existem algumas curiosidades sobre essa planta que fazem dela ainda mais interessante. Para quem gosta de chás medicinais, a folha da chuva de prata pode ser usada como calmante, ajudando a aliviar o estresse e a ansiedade.

Outra curiosidade sobre essa planta, é que ao contrário do que as pessoas pensam, seu crescimento é lento. Embora ela atinja cerca de 2 metros de altura, é um tipo de planta que cresce lentamente, logo pode ser usada para decorar o interior de casas e varandas.

Com essa planta é possível fazer lindos arranjos para festas e deixar o ambiente da casa ainda mais aconchegante. Depois de todas essas dicas, você está preparado para ter essa planta na sua casa.

Categorizado em:

Jardim,