Sumário

Saiba como cultivar Ficus Lyrata, hoje no  Horta, jardim e Cia. Nativa da África ocidental, A Ficus Lyrata é uma árvore que pode atingir até 15 metros de altura e, assim como nossos vizinhos de oceano, o Brasil é um país tropical com temperaturas altas em alguns locais. Portanto, o cultivo dessa planta é bastante fácil de ser realizado.

Ficus Lyrata

Quando se trata de destaque para um jardim, a fícus lyrata é uma planta ideal, pois, com toda sua beleza, é difícil encontrar uma pessoa que não fique admirado e queira fotografar essa espécie quando a encontra em uma área verde qualquer.

Dona de folhas largas e brilhantes, a fícus Lyrata tornou-se muito popular atualmente devido à tendência que essa espécie tem de aparecer em postagens de pessoas famosas na internet. Se você também notou que a popularidade dessa planta está em alta e agora quer ter essa espécie em seu jardim. Saiba que pode cultiva-la tanto em áreas externas como internas. Portanto, seja para sua área verde, seja para decorar o ambiente no interior da sua casa, saiba que a Ficus Lyrata é uma ótima escolha.

Todavia, como renovar sua decoração com essa planta? Quais os cuidados necessários para o seu desenvolvimento? Veja abaixo:

Clima e temperatura ideal para o cultivo da Ficus Lyrata

Como foi dito, essa planta é nativa de países com clima tropical da África ocidental, portanto, o clima ideal para o seu cultivo é mais quente.

Portanto, temperaturas entre 18 e 30°C são ideais para quem deseja cultivar Ficus Lyrata. Afinal, essa planta já está bem adaptada às temperaturas mais altas encontradas em diversas regiões brasileiras.

Amante da luminosidade, a Ficus Lyrata pode ser cultivada em ambientes internos. Desde que se ofereça essa condição para o seu crescimento acontecer de forma saudável. Portanto, se você deseja cultivar essa planta em vasos. Saiba que ele deve ser mantido perto de uma janela, em que a luz solar tenha incidência direta.

Preparação do solo para cultivar Ficus Lyrata

Conheça a Ficus Lyrata - Reprodução Canva

Conheça a Ficus Lyrata – Reprodução Canva

A preparação do solo para o cultivo de fícus lyrata é muito importante, já que essa planta demanda uma terra com boa capacidade de drenagem. Portanto, comece a preparação do solo com uma boa camada de drenagem adicionando argila expandida em um recipiente com furos na parte inferior para o escoamento de água. Sobre essa camada, coloque uma manta de drenagem que pode ser adquirida em quaisquer lojas de jardinagem e, então, adicione o substrato ideal para cultivar Ficus Lyrata.

Abaixo, falaremos mais sobre as condições do substrato ideal para essa planta, portanto, continue lendo para entender tudo que precisa sobre o cultivo dessa espécie tão linda e decorativa.

Transplante de mudas

A melhor forma para cultivar fícus lyrata é por suas mudas. Mas é preciso lembrar que essa espécie pode crescer até atingir 15 metros de altura, Caso não seja devidamente cortada nos momentos certos.

Portanto, saiba que o plantio em vasos é provisório e, quando a planta começa a crescer bastante, o transplante para o solo deve acontecer. Visto que isso é necessário para o desenvolvimento da Ficus Lyrata. Além disso, apesar da beleza decorativa, essa planta apresenta uma toxidade em sua composição. Por isso, é importante manter longe das crianças e animais domésticos.

[maxbutton id="1"]

Como regar

O fícus Lyrata gosta de um solo com bastante umidade, assim, sempre coloque um dedo na terra para saber quanto à terra está úmida e, caso note que ainda está molhada, não regue novamente. Afinal, apesar do seu gosto pela água, o excesso é muito prejudicial para qualquer planta. Já que o sistema radicular pode acumular fungos que, por sua vez, causam o apodrecimento do vegetal no subsolo.

Portanto, quando notar que o solo superficial está seco, regue novamente, mas, antes disso, espere mais um pouco antes de irrigar novamente o Ficus Lyrata.

Como podar

Quando se trata do cultivo em vasos, a fícus lyrata pode apresentam um crescimento mais lento. Portanto, a poda pode demorar para acontecer nessas condições. Afinal, você podará essa planta somente para manter o seu tamanho reduzido, pois um vaso usado como decoração não pode ter uma árvore muito grande, não é mesmo?

Então, a poda da fícus lyrata possui essa finalidade de manter a planta dentro de um vaso sem crescer muito. Portanto, o ideal é podar o topo da planta para evitar que ela continue crescendo no sentido vertical. Pois vale lembrar que ela ultrapassa os 15 metros de altura fora dos vasos.

Adubação e substrato ideal para Ficus Lyrata

Como foi dito anteriormente, saiba que é preciso oferecer um substrato ideal para que o fícus lyrata seja cultivado em vasos dentro da sua casa. Afinal, em seu habitat, essa árvore está em florestas que apresentam um solo rico em matéria orgânica.

Portanto, o cultivo em casa demanda condições que simulem os ambientes naturais dessa planta. Por isso, aposte em adubos orgânicos como restos de vegetais, por exemplo, para adubar essa planta.

No entanto, apesar da qualidade, o fícus lyrata não demanda muita quantidade de adubo para que se desenvolva de forma saudável. Pois, a adubação foliar é a melhor para o cultivo dessa planta. Já que o simples ato de borrifar fertilizante líquido nas folhas é suficiente para que essa espécie tenha boas condições de vida.

Principais pragas e como tratar

O fícus lyrata é bastante resistente, mas isso não elimina a presença de algumas pragas que podem ser bastante incômodas para os jardineiros que cuidam dessas plantas. Afinal, o pulgão é um exemplo de inseto que destrói as folhas dessa planta e se alimenta da seiva de quaisquer vegetais. Portanto, fique atento com o aparecimento dessas pragas no verso das folhas do seu vaso.

Para eliminar os pulgões, a simples mistura de água com sabão aplicada com um borrifador é o suficiente para se livrar dessa praga. Sendo assim, não existe nada melhor do que evitar o aparecimento desses insetos que surgem quando há algo errado com o cultivo da planta.

Portanto, corrija a rega e acerte na adubação dos seus fícus lyrata para que essa planta não fique suscetível ao ataque desse e de outros insetos.

Os adubos são fundamentais para manter o solo enriquecido de nutrientes para as nossas plantinhas. Os orgânicos são ainda mais importantes, pois possuem altas concentrações de ingredientes que permitem o crescimento saudável. E hoje, aqui no News Cotidiano, vamos te ensinar a fazer os melhores e mais fáceis adubos caseiros!