Sumário

Conhecida por seus poderes místicos, a espada-de-São-Jorge é uma espécie muito linda em alta e esse poder pode ser ideal para quem acredita que as plantas podem atrair sorte e prosperidade para sua vida. Quer saber todos os truques para deixá-la cada vez mais linda? Veja aqui no  Horta, Jardim & Cia.

Dessa forma, vamos falar tudo que você precisa saber sobre o cultivo da espada-de-São-Jorge, visto que essa planta que traz tantos benefícios para a decoração de casa também é fácil de cuidar e suporta condições extremas para se desenvolver de forma saudável.

Nativa da África, a espada-de-São-Jorge possui um nome científico um pouco mais complexo: Sanserevieria trifasciata. Todavia, outro nome mais popular pelo qual se chama é espada de ogum sendo considerada uma planta protetora para casa. Assim como arruda e aroeira.

Portanto, não é o tipo de planta que deve ser cultivada em jardins verticais, visto que seu formato demanda o cultivo em vasos na entrada da casa.
Então, se você deseja uma planta que atrai sorte e prosperidade, a espada-de-São-Jorge é uma ótima ideia para sua decoração. Já que ela é conhecida por essa característica, segundo a crença antiga.

Clima ideal para o cultivo de espada-de-São-Jorge

Apesar de a facilidade para cultivar, essa planta encontra a temperatura adequada entre 13 a 24°C. Portanto, suporta bem as condições de vida encontradas dentro da sua casa, seja em áreas internas, seja em áreas externas.

Só tenha certeza de que essa planta recebe uma boa iluminação durante algumas horas sob sol direto ou indireto, visto que às duas condições são ideais para manter a espada-de-São-Jorge sempre saudável.

Preparação do solo para cultivar espada-de-São-Jorge

espada-de-São-Jorge

Espada-de-São-Jorge – Reprodução Canva

À terra perfeita para cultivar espada-de-São-Jorge deve ter uma boa drenagem, já que essa planta já acumula água em suas folhas. Por causa disso, não precisa de um solo muito molhado para se manter em condições saudáveis.

Além disso, o uso de composto orgânico é ideal para o plantio, portanto, faça uma camada de drenagem com argila expandida e preencha o vaso com 1/3 de areia antes de colocar à terra e fazer o plantio.

A espada-de-São-Jorge é uma espécie que pode atingir até 90 cm de altura. Portanto, é necessário usar um vaso que comporte bem as raízes da planta e, caso a muda seja pequena, troque o vaso à medida que ela cresce.

Os vasos mais indicados são feitos de cerâmica, pois retém umidade e à terra fica mais fresca por mais tempo.

Germinação e transplante de mudas

A espada-de-São-Jorge é uma planta muito resistente e ideal para quem busca um cultivo fácil, visto que apenas uma folha já pode ser usada para o plantio, visto que essa espécie cresce facilmente em contato com o solo e em alguns dias. A espada-de-São-Jorge é uma planta usada para pessoas que não tem o chamado dedo verde, ou seja, pessoas que não são especialistas em jardinagem.

[maxbutton id="1"]

O transplante deve ser feito quando essa planta começa a ficar grande demais para o vaso em que está cultivada, ou seja, com muitas folhas em um recipiente pequeno.

Como regar  a espada-de-São-Jorge

Quando se trata do cultivo de plantas, a rega excessiva só faz mal para a vida delas. Visto que as raízes apodrecem com facilidade. Portanto, a rega ideal deve ser moderada e feita somente quando notar que o solo está seco novamente.

No inverno, a quantidade de água deve ser ainda menor e pode chegar até 20 dias sem irrigação sem acontecer qualquer consequência com o desenvolvimento da planta.

Mesmo com os cuidados mais necessários, toda planta precisa de um solo adequado para ter um crescimento saudável e a drenagem é uma condição necessária para o desenvolvimento de qualquer planta. Principalmente a espada-de-São-Jorge que é uma suculenta que acumula água naturalmente.

Adubação e troca de substrato

A adubação adequada para a planta deve ser feita com material orgânico. Portanto, aposte em compostos como restos de vegetais e outros resíduos como cascas de ovos e farinha de ossos.

Dessa forma, além de proporcionar uma ótima condição para que sua planta se desenvolva rapidamente. Ainda temos a vantagem da proteção que essa planta oferece para o solo. Já que a falta de adubo favorece o aparecimento de pragas que sentem a fraqueza das plantas.

Por isso, caso note que sua espada de são Jorge demostra  sinais de fraqueza como o amarelamento de suas folhas. Saiba que isso pode ser por um déficit de nutrientes essenciais para seu desenvolvimento saudável.

A troca de substrato pode ser necessária quando se nota que essa planta está apresentando dificuldade para crescer e, nesse caso, é preciso descartar toda à terra e começar o plantio do zero novamente.

Segredos para que a espada-de-São-Jorge cresça mais saudável

Um dos segredos para garantir que sua espada-de-São-Jorge tenha um desenvolvimento saudável é a manutenção dessa planta sob iluminação indireta. Visto que essa condição é necessária para seu desenvolvimento.

A luz solar direta é prejudicial. Por isso, a luminosidade indireta é ótima para quem deseja que essa planta tenha um crescimento saudável.

Pragas mais comuns e como evitar

As pragas mais comuns da espada-de-São-Jorge são os fungos que aparecem nas raízes dessas plantas. Portanto, a quantidade de regas é o maior problema que leva a isso.
Nesse sentido, saiba que é importante considerar uma irrigação moderada para que essa planta cresça saudável sem o perigo dos fungos prejudicarem o seu sistema radicular. Por sua vez, é bastante resistente. Todavia, não suporta solos encharcados.

O exagero na rega é tão prejudicial quanto o excesso de adubação. Portanto, As precauções devem se adequar para que essa planta não sofra com o ataque dos fungos.

Categorizado em:

Jardim,