Sumário

Saber se a dama-da-noite é venenosa é muito importante, pois essa planta além de linda possui um perfume de flores agradável. Pensando nisso, o Horta Jardim & Cia apresenta tudo sobre essa planta, desde como deve ser feito o cultivo até se ela é venenosa ou não. Confira a seguir mais detalhes sobre essa planta!

Descubra se a dama-da-noite é venenosa

A Cestrum nocturnum, também conhecida como dama-da-noite, Coerana, Coirana, Flor-da-noite e Jasmim-da-noite. É uma planta arbustiva que pode chegar a medir até 3 metros de altura.

Uma curiosidade sobre essa planta que levou a ser conhecida popularmente como dama-da-noite é devido suas flores abrirem somente durante a noite, e logo no nascer do sol murcharem. Mas, antes de cultivar essa planta em casa, é preciso saber se a dama-da-noite é venenosa.

Essa espécie de planta é muito comum de ser encontrada em meio a pastagens, sendo um motivo de preocupação para os criadores de animais. Por ser uma planta do tipo perene, ela floresce todos os anos, sendo indispensável saber se é uma planta venenosa ou não.

Como plantar?

A dama-da-noite é uma planta que deve ser plantada de preferência no chão, pois devido ser uma planta de grande porte sua raiz precisa de espaço para se desenvolver. Mas, caso queira plantar em um vaso, será preciso podá-la com frequência e sempre mudar de vaso.

Essa planta é muito fácil de cultivar e de achar, logo basta pegar um galho que tenha no mínimo 10 cm e plantar no local escolhido. Caso opte por um muda, escolha um local em que pessoas e animais não caminhem, pois pode acabar danificando a planta.

Após plantar, regue apenas o suficiente para a terra ficar úmida. Se for plantar em um vaso, escolha um que seja de cimento para poder suportar o peso da planta e não rachar.

Flor Dama da Noite

Dama-da-noite é venenosa? Confira tudo sobre a planta antes de adquirir. Foto: Canva PRO

Clima

Antes de saber se a dama-da-noite é venenosa, é fundamental saber sobre o clima que essa planta gosta. Essa planta pode ser encontrada em todo o território americano, desde que o clima seja do tipo Equatorial, Subtropical ou Tropical.

Desta forma, é um tipo de planta que não suporta temperaturas frias, como geadas e ventos fortes. Então, quando for cultivá-la, tenha cuidado para deixá-la a uma temperatura que varie entre 20 a 30°C.
Quando exposto a temperaturas muito elevadas é muito comum que as folhas comecem a secar e murchar. Além de que, as folhas dessa planta ficam com um tom amarelo e as flores não nascem.

Solo

Para que a dama-da-noite se desenvolva de forma saudável, é necessário cuidar do solo. O solo precisa ser fértil, ou seja, rico em matéria orgânica e drenável, ou seja, não pode acumular água senão a raiz pode acabar apodrecendo.

Os cuidados com o preparo do solo devem ser redobrados quando plantada em um vaso. Devido não poder ficar com água acumulada, é recomendado que se coloque uma camada de pedras no fundo do vaso.

[maxbutton id="1"]

O tipo de solo ideal é aquele que tenha uma parte de areia, barro e substratos. A areia vai ajudar a drenar o solo e manter a umidade na medida certa.

Luminosidade

Como foi citado acima, a dama-da-noite é uma planta que gosta de temperaturas mais quentes e úmidas. Por causa dessas características, faz com que seja uma planta que precise de sol pleno, ou seja, precisa receber o sol diretamente.

Porém, é importante ficar atento, pois embora precise pegar o sol pleno, ao longo do dia não pode ser exposta ao sol por mais de 6 horas. Então, é recomendado que fique exposta ao sol durante a manhã até às 9 horas, e no período da tarde a partir das 16 horas.

Ao deixar exposta durante o período das 9 horas da manhã até as 15 horas pode prejudicar a planta, isso porque a incidência dos raios ultravioletas é maior. Durante esse horário, deixe em um local que receba apenas a claridade do sol ou faça uma sombra com um tecido do tipo TNT.

A dama-da-noite é venenosa

Por fim, agora que você já sabe como cuidar dessa linda planta, chegou a hora de saber se a dama-da-noite é venenosa. A verdade é que sim, essa planta é venenosa, mas é possível cultivar ela desde que se tenha certos cuidados.

Quando se ingere a planta libera uma toxina. Como é uma planta muito comum em meio a pastagens, os animais são os que mais acabam consumindo essa planta, então eles podem apresentar anorexia, parada ou atonia do rúmen, constipação e fezes ressecadas.

Para cultivá-la em casa não deixe ao alcance de crianças e animais. Além disso, devido emitir uma forte fragrância algumas pessoas que têm alergia podem passar mal, como também costuma atrair abelhas, beija-flores e borboletas, sendo assim, evite deixar próximo a janelas de dormitórios, principalmente em quartos.

Categorizado em:

Curiosidades e novidades,