Sumário

Sabia que plantar pitaya no chão pode trazer inúmeros benefícios à sua saúde? Além do sabor doce e suculento, essa fruta é rica em vitaminas e minerais como ferro, tornando-se uma aliada na prevenção de diversas doenças. Hoje, aqui no Horta, Jardim & Cia, vamos ensinar como fazer esse cultivo. 

E o melhor de tudo é que é possível plantar pitayas em casa, mesmo que você não possua um terreno com solo. Neste artigo, iremos compartilhar informações sobre a fruta e dicas de cultivo para garantir que sua pitaya cresça de maneira saudável e produza muitos frutos. Quer saber mais? Então, continue lendo!

Quais os benefícios da fruta pitaya?

Confira abaixo, os principais benefícios da pitaya para o bem-estar:

  • Auxilia no processo de perda de peso: A pitaya é uma excelente fonte de fibras, o que pode colaborar na redução de peso, já que as fibras geram uma sensação de saciedade e evitam excessos na alimentação.
  • Reduz o colesterol: A fruta é rica em fibras solúveis, que ajudam a diminuir o colesterol ruim (LDL) e aumentar o colesterol bom (HDL).
  • Previne anemia: A pitaya é uma boa fonte de ferro, mineral essencial para a produção de hemoglobina, responsável pelo transporte de oxigênio para as células do corpo.
  • Previne diabetes: A fruta possui baixo índice glicêmico, o que significa que não provoca picos de açúcar no sangue, sendo uma alternativa saudável para diabéticos.
  • Possui propriedades anti-inflamatórias: A pitaya é rica em antioxidantes, que combatem os radicais livres e diminuem a inflamação no organismo.
  • Ajuda na digestão: As fibras presentes na fruta também ajudam no processo digestivo, prevenindo a constipação e melhorando o trânsito intestinal.
  • Combate doenças cardíacas e regula a pressão arterial: A pitaya é uma excelente fonte de potássio, mineral importante para manter a saúde cardiovascular e equilibrar a pressão arterial.
  • Aumenta a imunidade: A fruta é rica em vitamina C, que ajuda a fortalecer o sistema imunológico e prevenir doenças.

Além disso, não somente a polpa da pitaya é benéfica para a saúde, suas folhas e sementes também são comestíveis. Usam-se as folhas em chás, que possuem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, enquanto as sementes podem ser utilizadas como substitutas do gergelim nas refeições.

Leia mais: Quer cultivar Pitaya na sua casa? Veja um passo a passo simples e prático

Cuidados ANTES de plantar pitaya no chão

Antes de plantar uma pitaya no chão, é importante tomar alguns cuidados para garantir que a planta cresça de forma saudável. Então confira abaixo algumas dicas, por exemplo:

  • Clima: a pitaya é originária de regiões tropicais e se adapta melhor a temperaturas entre 18ºC a 30ºC. No entanto em locais mais frios, recomenda-se o uso de estufas.
  • Iluminação: a planta precisa de seis a oito horas de luz solar por dia, mas é preciso evitar os horários de sol forte para não queimar uma planta. O ideal é escolher um local que não receba sol no horário mais quente do dia. Em vasos, é possível mudá-lo de local conforme a necessidade.
  • Rega: por se tratar de um cacto, a pitaya é sensível ao excesso de água. Nos meses mais quentes, o ideal é molhar a terra quando ela parece estar seca. Já no outono e no inverno, reduz a quantidade de água, já que as folhas retêm água.
  • Solo: o solo deve ser rico em nutrientes e bem drenado. Para isso, pode-se misturar areia à terra e adicionar pedras no fundo do vaso. Além disso, é recomendado o uso de fertilizantes com baixo teor de água uma vez por mês.

Seguindo esses cuidados, o processo de plantio da pitaya pode se tornar mais fácil e garantir o desenvolvimento saudável da planta. No entanto, para saber mais sobre o assunto, consulte outras fontes especializadas e esteja sempre atento às necessidades específicas da sua planta.

Aprenda 2 formas de como plantar pitaya no chão

A pitaya é uma fruta que pode ser cultivada em diferentes locais, como canteiros, vasos ou diretamente no solo. Para plantar pitaya em casa, é importante saber como fazer as mudas da fruta, e existem duas maneiras principais de fazer isso: por sementes ou por estacas. 

Se você optar por plantar a partir de sementes, é necessário retirar as sementes maduras da pitaya, lavá-las com água corrente e plantá-las em uma bandeja de mudas. A irrigação deve ser diária e moderada, sem encharcar, e muda precisa receber luz solar natural.

No entanto, após 8 a 12 dias, as sementes devem começar a germinar. Depois de cerca de 5 meses, selecione as mudas de 15 a 20 cm de altura e plante-as diretamente no solo bem drenado e mais leve. 

Se o plantio é feito por estacas, é necessário retirá-las de plantas adultas e plantá-las em vasos com solo fértil e bem drenados. A irrigação deve ser diária e moderada no primeiro mês.

Após 30 dias, as mudas já devem ter raízes que deixaram o transplante no solo do terreno. Para plantar os brotos, finque um tutor de madeira no solo e abra três buracos ao redor com cerca de 30 cm de diâmetro. 

[maxbutton id="1"]

Então, coloque o adubo da terra e plante a muda de pitaya, encostando o tutor e enterrando apenas 5 cm da parte com raízes. Para sustentar a planta, amarre o broto com um fio junto ao tutor e regue diariamente de forma moderada, sem encharcar. 

Essas são as duas principais maneiras de plantar pitaya no solo, permitindo que você desfrute do sabor e dos benefícios dessa fruta em sua própria casa. 

Cuidados DEPOIS de plantar pitaya no chão

Após o plantio da pitaya no solo, é importante garantir que os cuidados adequados sejam tomados para garantir o sucesso do crescimento da planta. 

Adubação

Uma das principais recomendações é usar adubo com baixo teor de fósforo para fertilizar a planta. 

Tutoramento

Além disso, como a pitaya tende a crescer com folhas caídas, é recomendável amarrar as mudas junto a um mourão com barbante grosso ou fio macio específico para plantas, tomando cuidado para não prejudicar o crescimento da planta.

À medida que a planta cresce, é importante fazer novas amarras para suportar seu peso, pois a pitaya pode chegar a até 6 metros de altura. 

Rega

A planta é tolerante a climas quentes e secos, com temperaturas ideais entre 18 ºC e 26 ºC. No entanto, as regas devem ser moderadas, pois o excesso de água pode levar ao apodrecimento da planta.

Poda

Para garantir a produção de frutos maiores, é importante remover os brotos laterais durante a poda e deixar apenas as ramificações da copa da pitaya. Além disso com esses cuidados adequados, a pitaya tem boas chances de crescer de forma saudável e dar frutos deliciosos.

Considerações finais

Enfim, plantar pitaya no chão pode ser uma ótima opção para quem deseja ter uma fruta exótica e saborosa em seu próprio quintal. Para garantir o sucesso no cultivo, é importante seguir as etapas corretas de plantio, escolher o local adequado, adubar com adubo de baixo teor de fósforo, fazer amarras para as mudas e controlar as regas. 

Com os cuidados necessários, é possível obter uma pitaya saudável e produtiva, que pode chegar a seis metros de altura e render frutos deliciosos. Além disso, o cultivo da pitaya pode trazer diversos benefícios para a saúde, como a presença de antioxidantes e vitaminas. Vale a pena experimentar e desfrutar dos prazeres de ter uma pitaya fresca e natural em casa.

Então se você gostou do conteúdo, compartilhe com aquele seu amigo que gostaria de plantar Pitaya no jardim!

Leia mais: Como cultivar morango em vaso? Descubra os segredos para o sucesso