Sumário

O gengibre é uma planta aromática e medicinal muito utilizada na culinária e na medicina tradicional. Então, cultivá-lo em vasos é uma opção prática para quem deseja desfrutar dos benefícios em espaços menores, como apartamentos ou casas com pouco espaço externo.  Neste artigo, nós do Horta Jardim & Cia vamos mostrar como plantar gengibre em vaso de maneira simples e eficiente. Então, acompanhe!

O gengibre e seu uso versátil

O gengibre (Zingiber officinale) é uma planta perene nativa do Sudeste Asiático, conhecida por suas raízes subterrâneas aromáticas e sabor picante. Aliás, é uma planta herbácea que pertence à família Zingiberaceae. Inclusive, ela tem folhas lanceoladas e longas hastes que podem crescer até um metro de altura. Já suas flores, são amarelas ou brancas, mas são menos conhecidas do que suas raízes.

Além disso, o rizoma do gengibre é grosso, fibroso e apresenta uma cor amarela pálida. E, é nessa raiz que estão concentrados os compostos ativos responsáveis ​​pelas propriedades medicinais e saborosas do gengibre. No entanto, além de seu uso culinário, o gengibre também possui propriedades medicinais e é amplamente utilizado na indústria cosmética. Possui propriedades medicinais comprovadas e tem sido usado na medicina tradicional há séculos. Alguns dos benefícios para a saúde associados ao gengibre incluem:

  • Ação anti-inflamatória: O gengibre contém compostos com propriedades anti-inflamatórias, que reduzem a inflamação no corpo e aliviam dores musculares e articulares.
  • Auxílio digestivo: O gengibre tem sido usado tradicionalmente para aliviar problemas digestivos, como náuseas, vômitos e indigestão, pois estimula o sistema digestivo e pode ajudar a aliviar desconfortos estomacais.
  • Propriedades antioxidantes: Contém antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres e proteger as células contra danos oxidativos. Isso pode contribuir para uma saúde geral melhorada.

Leia mais: Como fazer muda de jabuticaba? Aprenda um passo a passo certeiro

Como plantar gengibre em vaso

Veja  a seguir o passo a passo para ter gengibre em vaso:

Escolha do  vaso e o local adequado

O primeiro passo para plantar gengibre em vaso é escolher um recipiente adequado. Prefira vasos grandes, com capacidade de 10 litros, para permitir o bom desenvolvimento das raízes. Por isso, certifique-se de que o vaso tenha orifícios de drenagem para evitar o acúmulo excessivo de água.

Quanto ao local, escolha um espaço que receba luz solar direta por pelo menos algumas horas do dia. Ou seja, o gengibre prefere ambientes quentes e ensolarados.

Preparo do solo é fundamento no passo a passo de como plantar gengibre em vaso

Antes de plantar o gengibre, é importante preparar o solo. O solo ideal para o cultivo de gengibre deve ser bem drenado, fértil e rico em matéria orgânica.

Para prepará-lo, você misture o substrato comercial com húmus de minhoca ou composto orgânico. Essa combinação ajudará a fornecer os nutrientes necessários para o crescimento saudável do gengibre.

Plantio do Gengibre

Como plantar gengibre em vaso.

Como plantar gengibre em vaso? Foto: Canva PRO

Com o vaso e o solo prontos, é hora de fazer o plantio do gengibre. Siga os seguintes passos:

[maxbutton id="1"]
  • Seleção do rizoma: dê preferência aos rizomas que apresentam brotos ou olhos, pois eles são os responsáveis pelo crescimento da planta.
  • Preparação do rizoma: antes de plantar, você pode deixar o rizoma de molho em água por algumas horas para facilitar o desenvolvimento das raízes. Isso não é obrigatório, mas pode ajudar no processo de germinação.
  • Plantio: com o rizoma preparado, faça um buraco no solo do vaso com cerca de 5 centímetros de profundidade. Coloque o rizoma no buraco, com os brotos voltados para cima, e cubra-o com terra, deixando apenas a parte superior do rizoma exposta.
  • Rega: após o plantio, regue bem o solo para garantir que ele fique úmido. Evite encharcar o solo, pois o gengibre não tolera o excesso de umidade.

Cuidados com o gengibre em vaso

Para garantir um bom desenvolvimento do gengibre em vaso, alguns cuidados são essenciais:

  • Rega: mantenha o solo do vaso levemente úmido, regando regularmente. Evite encharcar o solo, mas também não deixe que ele fique seco demais.
  • Adubação: realizar adubações regulares para fornecer os nutrientes necessários para o crescimento saudável do gengibre. Você pode utilizar adubos orgânicos ou fertilizantes específicos para plantas aromáticas.
  • Luminosidade: garanta que o vaso esteja em um local ensolarado, recebendo luz direta por algumas horas do dia. O gengibre precisa de luz para realizar a fotossíntese e se desenvolver adequadamente.
  • Controle de pragas: fique atento a possíveis pragas, como pulgões ou cochonilhas. Caso identifique algum problema, utilize métodos de controle ou consulte um especialista em jardinagem.

Colheita do gengibre

O gengibre geralmente leva de 8 a 10 meses para atingir a maturidade e estar pronto para a colheita. Assim, você pode identificar a hora certa de colher o gengibre observando o amarelecimento e a secagem das folhas.

Para colher o gengibre, basta escavar cuidadosamente o solo ao redor do rizoma e retirá-lo com cuidado. Além disso, lave o gengibre colhido em água corrente e deixe-o secar antes de utilizar na culinária ou para outros fins.

Considerações Finais sobre como plantar gengibre em vaso

Enfim, o cultivo de gengibre em vaso é uma alternativa viável para quem deseja desfrutar dos benefícios dessa planta em espaços pequenos.

Com os cuidados adequados, é possível ter sucesso no cultivo do gengibre em casa, colhendo rizomas frescos e saudáveis para uso na cozinha ou para aproveitar suas propriedades medicinais.

Então, siga as orientações deste passo a passo e aproveite essa experiência gratificante de cultivar seu próprio gengibre em casa!

Leia mais: Veja como cultivar a Taioba: planta para decorar e consumir