Sumário

Saber como é realizado o plantio de lúpulo é indispensável quando se quer ter essa planta no quintal de casa. Pensando nisso, o Horta Jardim & Cia apresenta dicas de como plantar, colher e quais são os cuidados extras que precisa ter o lúpulo. Continue lendo e saiba com mais detalhes!

Descubra como é o plantio de lúpulo

Antes de mais nada, saiba que lúpulo é uma planta trepadeira de alto porte, que pode chegar a medir até 7 metros de altura. Semelhante a uma pinha, esse fruto é nativo da Europa Setentrional e do Oriente Médio, sendo um dos principais ingredientes usados para fazer cerveja artesanal.

Para ter essa fruta sempre ao seu alcance é preciso saber como é feito o plantio de lúpulo. Além de ser muito utilizado na produção de cerveja, também pode ser usado na fabricação de determinados medicamentos e tinturas.

De modo geral, devido ser uma planta trepadeira é possível cultivá-la no quintal de casa desde que receba cuidados adequados. A vantagem de ter essa planta em casa é devido ser do tipo perene, ou seja, floresce todos os anos.

Plantio de lúpulo

Para ter essa planta em casa, a primeira coisa que se precisa saber é como é feito o plantio. Essa planta pode ser cultivada tanto em vasos quanto diretamente no chão, entretanto, caso opte por um vaso, é preciso que o recipiente tenha no mínimo 20L ou mais, pois a planta precisa de espaço para que as raízes se desenvolvam.

Tendo escolhido o local, é importante que o solo seja rico em nutrientes e tenha um pH próximo do neutro. O lúpulo pode ser plantado tanto na forma de sementes, quanto em mudas que podem ser adquiridas em viveiros.

No caso das sementes é recomendado colocar no máximo três sementes em um vaso quando pequeno, em uma profundidade de no máximo 1 cm. Além disso, enquanto a planta for crescendo é preciso colocar um suporte para sustentar os ramos do lúpulo.

Descubra como é o plantio de lúpulo

Descubra como é o plantio de lúpulo – Imagem: Canva Pro

Cuidados

Ainda sobre o plantio de lúpulo, durante o desenvolvimento da planta, caso opte por plantar diretamente no chão do seu jardim mantenha as ervas daninhas longe. Esse tipo de vegetação costuma sugar todos os nutrientes do solo fazendo com que atrase o desenvolvimento do lúpulo e até mesmo leve à falência da planta.

Ainda sobre os cuidados, é uma planta que precisa receber entre 6 a 8 horas de sol por dia. Lembrando que sol entre as 10 horas da manhã e às 15 horas da tarde não é benéfico para as plantas por causa da alta incidência de raios ultravioletas.

É preciso ter bastante cuidado quando for manusear a planta, caso esteja em um vaso, pois ela é urticante e pode causar alergia. Vale ressaltar que é uma planta que gosta de temperaturas amenas, como a das regiões sul e sudeste do Brasil.

Colheita

O lúpulo começa a florar no final do mês de março e do mês de julho. Mas, para realizar a colheita e saber se está maduro o fruto basta observar que o fruto fica em um tom amarelo, crocante ao toque e as flores começam a emitir um cheiro.

[maxbutton id="1"]

Quando elas ficam em um tom marrom, saiba que passou do ponto e está apodrecendo. Outra característica para saber se está pronto para colher é ver se a flor está pesada, verde e não está com um aspecto de ressecada, caso esteja desse jeito, não faça a colheita.

Secando e armazenando

Para usar o lúpulo após a colheita é preciso fazer a secagem do fruto. Saiba que após a secagem o lúpulo tende a reduzir de tamanho, ficando com apenas 25% do seu peso original.

Sendo assim, para fazer a secagem você pode utilizar câmeras desidratadoras de alimentos, redes com um ventilador embaixo ou um desumidificador. Sobre o armazenamento, para que a fruta dure por mais tempo é preciso guardar em um saco plástico à vácuo, além de consumir em pelo menos dentro de um ano e guardar em um freezer de modo que fique congelado.

Cuidados extras

Por fim, realizar o plantio de lúpulo não é algo difícil, pelo contrário, é super simples e possível de fazer em casa. Mas, é preciso ter alguns cuidados extras para evitar pragas e doenças.

Para quem não deseja usar agrotóxicos, o recomendado é quando a planta atingir o auge de seu crescimento retirar todas as folhas de baixo até uma altura de 80 cm. Outra dica muito recomendada é após a colheita do fruto cortar as partes cercas, pois os ácaros gostam de se reproduzirem nesses locais.

Caso na sua região tenha uma grande incidência de pragas, é possível deixar os galhos secos até que nasça os novos. Depois de todas essas dicas e recomendações não tenha medo de ter um plantio de lúpulo em casa.

Categorizado em:

Horta,